A Marcar na Agenda #6

Ideias para um fim-de-semana cultural

Texto por Porto Fashion Makers Team
Opinião A Marcar na Agenda
Terça, 19 de Agosto de 2014, 16:53h

Supper- Club Japonês

© Nambam Oporto Kitchen

Namban Oporto Kitchen tem dupla nacionalidade. Miguel Cunha, português, e Sako Arao, japonesa, são os anfitriões do supper-club de comida tradicional japonesa de que o Porto tem andado a falar. Num ambiente intimista e familiar Sako e Miguel preparam um menu que não inclui buffet de sushi, mas sim um menu de degustação  cuidadosamente confeccionado e selecionado consoante a disponibilidade sasonal dos ingredientes. Este mês, já é o segundo. Amanhã dia 27, o menu conta com polvo com molho verde japones, ‘Karaage’ - frita de frango, Bolo de ‘lemon drizzle’ servido com gelado caseiro de chá verde, entre outros pratos. Reserve já o seu lugar, se já não foi ocupado, entretanto!

 

Thuggie 2.0 no Maus Hábitos

© Luís Moreira

A festa do pijama e do glitter com playlists do youtube em modo caseiro, volta este sábado  dia 28 ao Porto, mas desta vez muda-se para o Maus Hábitos. Com início agendado para as 23h, a Thug Unicorn é, já há dois anos, a festa onde é obrigatório dançar ao som de uma selecção musical despretensiosa, que tem como fio condutor o mundo subversivo da internet e o mediatismo da cultura pop. Desde a faixa de r’n’b, que só ouvimos quando dançamos em frente ao computador com as amigas à música electrónica mais cool do minuto, Thug Unicorn torna real a página de feed do Tumblr, onde as cores do arco-íris, as gold-chains e os cabelos coloridos fazem a festa. Com lotação geralmente mais do que esgotada, a festa das míudas livres-espírito e de cabelos ao vento, tem bilhetes à venda na Matéria Prima.

 

“O Som ao Redor”

© Porto/Post/Doc, Som ao Redor             

A quarta sessão do ciclo “Há filmes na Baixa” é já, no próximo domingo dia 29 às 21h30, com o filme “O Som ao Redor”. A iniciativa do Porto/Post/Doc, do novo festival de cinema documental do Porto, continua no Passos Manuel, todos os domingos até ao início da primeira edição em Dezembro. Este domingo, o filme é do realizador Kleber Mendonça Filho e foi premiado em vários festivais de cinema: CPH:PIX, Rio de Janeiro, Roterdão, entre outros. O enredo  gira em torno, de um prédio de apartamentos no Recife e da vida das pessoas que nele habitam. “Som ao Redor” é uma crónica do quotidiano brasileiro sobre história, violência e barulho. A não perder!