Do Porto para o Mundo

A nossa comunidade criativa está a dar que falar lá fora

Texto por Eliana Macedo - PFM Team Member
Opinião Think Piece
Quinta, 25 de Junho de 2015, 09:27h

Não é apenas o made in Portugal que dá nas vistas além fronteiras. Marques’Almeida, Sara Sampaio, Frederico Martins e António Soares, são a prova viva de que a nossa comunidade criativa está a crescer e a dar cartas lá fora.

Designers premiados, rostos bem conhecidos das passarelles internacionais, nomes assíduos nas grandes casas de moda - eles são jovens, são referências no mundo da moda. E são do Porto.

Vamos conhece-los?

 

© Marques'Almeida

 

Marta Marques e Paulo Almeida

Dupla de criadores da Marques’ Almeida e vencedores da 2.ª edição do LVMH Prize. Formados pelo Citex, atual Modatex, em 2007, Marta Marques e Paulo Almeida rumaram a Londres logo após finalizarem os estágios com Alexandra Moura e Luís Buchinho. A Central Saint Martins foi o lugar certo para dar continuidade aos estudos, possibilitando o contato de Marta com o atelier Vivienne Westwood e de Paulo com a Preen. Em 2011, juntam-se para criar a Marques’Almeida.

Daí à participação no Moda Lisboa foi um compasso de poucos meses, a que se seguiu a oportunidade de apresentar na Semana da Moda de Londres. A Opening Ceremony, a Joyce e a Topshop, são algumas das marcas com que já colaboraram. O crescimento foi rápido, mas o reconhecimento já não é estranho a Marta Marques e Paulo Almeida. Em 2013, venceram o prémio de ‘Emerging Womenswear  - Designer British Fashion Awards’, atribuído pelo British Fashion Council e, em 2015, o LVMH Prize, o maior prémio monetário e de mentoria atribuído a talentos da moda emergentes.

 

© Sara Sampaio

 

Sara Sampaio

Apesar de não ser presença assídua nas ruas do Porto, Sara Sampaio pode ser facilmente encontrada em qualquer outdoor da cidade. Foi em 2007, através do concurso cabelos Pantene, que deu os primeiros passos rumo a uma carreira de sucesso internacional. Pouco depois, foi capa das revistas Vogue, Elle e Glamour e estrela nas campanhas da Calzedonia, Blumarine e Replay. Após participar nas campanhas fotográficas da linha Pink da Victoria Secret, Sara Sampaio começa a pisar a passerelle dos anjos em 2013, lado a lado com Adriana Lima e Alessandra Ambrósio.

Mudou-se para Nova Iorque há seis anos, mas o seu talento é bastante reconhecido dentro de portas. Vencedora do Globo de Ouro de melhor modelo feminino em 2011, 2012, 2014 e 2015, foi também duas vezes consecutivas premiada pelo Vogue Portugal Fashion Awards, nas edições de 2011 e 2012. Às suas conquistas nacionais, soma ainda o prémio de modelo revelação de 2013, atribuído pela revista Hola e o convite para ser a primeira portuguesa a figurar nas páginas da Sports Illustrated Swimsuit, Issue 2014, Rookie of the Year.

 

© Frederico Martins

 

Frederico Martins

Com uma carreira de quase 20 anos, Frederico Martins é uma das principais referências na moda portuguesa e um profissional cada vez mais procurado internacionalmente. Apesar de muito solicitado lá fora, o seu rosto não é estranho na cidade. Quando não tem que viajar, Frederico prefere trabalhar a partir do seu estúdio, na baixa do Porto.

Apesar de ter crescido rodeado pelas máquinas fotográficas do pai, pouco fazia adivinhar que Frederico Martins se transformaria num fotógrafo consagrado. Só após concluir a licenciatura em Engenharia Agrícola, com a qual conciliou os seus primeiros trabalhos de fotografia, é que decidiu participar em alguns cursos de verão da Saint Martins College of London. A partir daí, nunca mais parou. Para além das páginas da Portuguese Soul Mag, Vogue Portugal, Elle Portugal, Maxima e GQ, podemos encontrar o seu nome em publicações internacionais como a Dsection Magazine, Vogue Italy Accessory, Vogue Ukrain, Vogue India, Elle Indonesia, Myself Germany e Maxim USA.

 

 

© António Soares

 

António Soares

As ilustrações de António Soares vestem Prada, Gucci, Loewe, Lanvin e Louis Vuitton. Desenhadas à mão, cuidadosamente maquilhadas e coloridas a aguarela, as diversas personalidades criadas pelo artista comprovam o bom gosto e domínio do traço deste nome bem português, muito reconhecido internacionalmente. No entanto, ao contrário do que o guarda roupa sugere, o interesse pela ilustração de moda é bastante recente na vida deste talento portuense.

Formado em Pintura, pela Faculdade de Belas Artes do Porto, António Soares começou por dar aulas e workshops de pintura e ilustração. Informalmente, em vários espaços do Porto. Profissionalmente e com uma orientação moda, no Citex. Um pouco fruto do acaso, a excelência do seu trabalho foi apreciada e rapidamente reconhecida em todo o mundo. E agora, pedidos de todo o mundo acompanham-no diariamente noite dentro. Apesar de todo o sucesso, o bichinho pelo ensino ficou. E, por isso, António Soares continua a abrir as portas a todos os que querem aprender a dominar as tintas e pinceis que preenchem o seu espaço de trabalho.

 

Uma comunidade criativa em clara efervescência

Estes quatros fashion makers são apenas uma amostra do potencial de uma comunidade criativa em clara efervescência. O Porto continua a dar que falar no panorama internacional. Mas agora, ganha um novo reconhecimento, enquanto cidade moda, cidade de origem de talentos que se afirmam pela criatividade e forte capacidade de execução.