Pedro Limão

Muito novo, Pedro corria atrás da mãe, pedindo-lhe para o ensinar a fazer o seu famoso arroz doce. A mãe ia dando umas dicas, mas, por falta da tempo, nunca satisfez o pedido de Pedro. Um dia, chegou a casa e o pequeno Pedro tinha preparado a receita, com distinção. Este momento poderia ter ditado os seus passos seguintes, mas tal não aconteceu. Pelo menos, não até aos 30 anos de Pedro Limão. Após anos a trabalhar na área de planeamento urbano em Viana do Castelo, o actual chef decidiu largar tudo e voar para Barcelona para se formar na área que foi sempre a sua verdadeira paixão.

Mas, Pedro não parou de quebrar barreiras. Os restaurantes, as cozinhas onde trabalhou não preenchiam todas as necessidades que este criativo tinha. Insatisfeito, decidiu criar o seu próprio negócio, uma oficina de cozinha. Pedro Limão é o nome do pequeno e aconchegante espaço onde o seu homónimo dá asas à imaginação e cria menus únicos todos os dias. O conceito é apaixonante. Paixão é também o que move Pedro Limão e querer explorar estas novas abordagens no Porto, que apesar de não ser a sua terra natal é já o seu lar.